Cinema/Reflexão: Romance ‘Cartas Para Julieta’.

Bom quando comecei o blog, existiam alguns posts que eu fazia sobre filmes antigos que passavam algum tipo de mensagem, o nome desses posts eram “Recordando” eles tinham um número de visualizações bem grande, mas com o tempo deixei de fazer por que necessitava de bastante tempo para pensar e fazer os sentimentos fluírem, a correria para buscar informações para deixar o blog atualizado fizeram com que os “Recordando” fossem ficando de lado, mas agora vou voltar com esses posts, por que já recebi elogios e informações dizendo que as minhas palavras de certa forma “ajudaram” as pessoas em decisões e a pensarem um pouco na vida.

Dessa vez escolhi um filme atual, como sempre um romance, gênero na qual sou apaixonado, esse não dei o nome de “Recordando” mas sim “Reflexão”, já que “Cartas Para Julieta” é bem recente.

O filme é muito bom, se tornou um dos meus favoritos. Conta a história de Sophie, interpretada pela linda Amanda Seyfried, que a poucos dias de se casar vai viajar com seu noivo para a Itália em busca de reacender o romance que se apagou no relacionamento, o lugar escolhido é Verona palco de um dos maiores romances já escritos na história, ‘Romeu e Julieta’.

Lá ela conhece um grupo de mulheres que responde cartas endereçadas a Julieta procurando conselhos amorosos. Durante sua estada, seu noivo, futuro chef e que busca parcerias para abrir seu restaurante em Nova York, esquece do principal que é fazer com que o romance voltasse a fluir entre os dois. Um dia quando vai recolher as cartas para julieta ela encontra entre as pedras uma escrita em 1951 que conta a história de Claire, que se apaixonou por um jovem italiano, mas deixou escapar a oportunidade de ser feliz ao lado dele.

Sophie resolve responde-la, e faz com que Claire vá até Verona com seu neto Charlie. Com seu noivo ocupado, eles resolvem sair em busca do antigo amor de Claire e ver se ele ainda está vivo, mas durante essa busca Sophie encontra em Charlie o que faltava em seu noivo e um novo romance começa.


Bom para não estender mais o post, no fim Claire encontra seu antigo amor, que agora está viúvo e nunca há esqueceu, Sophie termina seu relacionamento com seu noivo e vai até a Itália para o casamento de Claire, onde se entrega junto com Charlie ao verdadeiro amor.

Vamos a parte principal do post que é usar da mensagem que o filme passa para refletirmos.

“Cartas Para Julieta” nos mostra que se o amor for verdadeiro, não importa quando tempo passe ele continuará a fluir até o fim, Claire teve a sorte de reencontrar seu antigo amor e Sophie pôde realmente sentir o verdadeiro romance ao lado de Charlie. As pessoas devem entender que um relacionamento para se manter sólido e “eterno”, deve se acender novamente a chama do amor dia a dia, nenhum namoro ou casamento sobrevive a rotina, a pessoas frias que acham que só por estarem a bastante tempo com uma pessoa tudo já está ganho. Um jardim deve ser regado sempre, se não as flores secam e morrem.

Muitos não acreditam nessa de amor verdadeiro e acham que tudo é coisa de momento, viva o momento e o que ele oferece, é o que dizem, bom posso parecer antiquado mas eu busco esse amor verdadeiro, já que nunca verdadeiramente amei ninguém, bom paixão não tem nada haver com amor, a ponte que separa os dois é quilométrica, paixão todos já tiveram um dia, a carência pode confundir as pessoas, já que vivemos num mundo onde as pessoas se importam cada vez menos pelas outras.

Não estou dizendo que você não deve curtir sua vida e ficar lamentando do que espera ou do que não aconteceu, se divirta sim, mas não se renda somente a curtição, depois da festa vem a solidão e você com certeza vai pensar, onde está a pessoa que poderia me abraçar quando eu me sentir sozinho (a)?

Ninguém nasceu para viver no mundo sozinho, você com certeza um dia vai achar quem te preencha, quem faça seus olhos brilharem, quem realmente vai fazer diferença na sua vida, e se um dia essa pessoa sumir da sua vida, pode acontecer o mesmo que aconteceu com a Claire, você pode reencontra-lo (a) em algum lugar do mundo e fazer com que tudo seja perfeito.

Nunca se esqueça dessas palavras. O Amor é paciente, o amor é prestativo; não é invejoso, não se ostenta, mas se incha de orgulho. Nada faz de inconveniente, não procura seu próprio interesse, não se irrita, não guarda rancor. Não se alegra com a injustiça, mas se regozija com a verdade.

Eu particularmente quero algo assim para mim, e você o que quer para sua vida?. Sozinho eu sei que ninguém quer ficar.

Se você conhece algum filme que passa uma mensagem legal e gostaria de ver um post dele, coloque como comentário que vou procurar fazer com carinho um post sobre =)

Anúncios

Sobre williansallan

Amo Cinema,Séries,Tv e Música

Publicado em 15/01/2011, em Cinema, Romance e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. Paixões vem e vão, mas amor é pra sempre e se acabar não era amor. Clichê, mas muito verdadeiro.
    Esse filme é LINDO! Mandou muito…

  2. queria q vc colokace um post do filme diario de uma paixão! há! Mandou muito bem!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: